Notice (8): Undefined variable: rich [APP/View/Layouts/site.ctp, line 78]

Mantenha seu bebê longe da coqueluche

4 coisas que você precisa saber para manter seu bebê longe da coqueluche

Crianças menores de 6 meses estão mais vulneráveis à doença. Mas é possível reduzir os riscos. Saiba como

Uma das doenças que podem aparecer nesse período é a coqueluche. Trata-se de uma doença infecciosa aguda que compromete o aparelho respiratório (traqueia e brônquios), e se caracteriza pela tosse seca. Veja a seguir o que você precisa saber para manter seu filho longe dela!

1. Dê atenção à coqueluche. Crianças abaixo de 1 ano de idade podem sofrer mais riscos de complicações com a doença, como infecções de ouvido, pneumonia, lesões neurológicas e até óbito.

2. A vacinação é uma boa forma de se prevenir contra a coqueluche. Para a criança são três doses: aos dois, quatro e seis meses – e só aí ela estará imunizada.

3. Os transmissores da coqueluche estão mais perto do que você pensa. A coqueluche é causada pela bactéria Bordetella pertussis e sua transmissão ocorre de pessoa para pessoa, através de gotículas expelidas durante a fala, tosse ou espirro. Entre bebês, os principais transmissores são as mães em 39% dos casos, os irmãos de 16 a 43%, o pai em 16% e os avós em 5% dos casos.

4. Adultos também precisam se vacinar. Neles, a coqueluche pode se apresentar com poucos sintomas e, por isso, podem transmitir a doença sem saber. Uma boa forma de os adultos se prevenirem é com a vacinação, podendo assim contribuir com a proteção do bebê.

Fonte: https://glo.bo/2oynQqO